terça-feira, 31 de março de 2009

um pombo correio.

eu fui a 'melhor coisa da sua vida' porque fiz o que podia por você. lhe dei amor comprando algumas mágoas, lhe dei meu sorriso prevendo algumas lágrimas. mas eu sabia e te quis mesmo assim. a coragem de continuar vai se perdendo quando é a gente que se machuca mais na sentença. talvez você precisasse de bem mais pra ficar em silêncio. ou talvez eu há muito tempo já deveria estar surda e muda seguindo esses seus passos. faltou lealdade. faltou compreensão, conversa. passei quase dois anos ao lado de uma pessoa que eu nem sei direito o que sente. nem sei se conheço as vezes, ficava quebrando cabeça tentando adivinhar. você calou demais pinheiro. e eu não conheço a língua dos mudos, infelizmente.

eu resolvi por nós dois. mesmo o amor que eu sinto por você sendo maior do que todas essas situações, ele acabou perdendo pro seu silêncio. acabou cansando com a sua cara olhando pra qualquer lugar menos pros meus olhos. essa é a 1º e última vez que te magoei. eu te magoei com sinceridade, e a outra parte ficou para os alheios completarem. mas não lhe faltei com respeito. e acho que você tem plena certeza disso. eu nunca menti sentimentos, errei, e assumi tudo sem lhe cobrar nada em troca, fora palavras. você disse que tinha medo de me perder, mas pessoas como você não parecem ter medo de nada.

eu me esforcei pra que nós dessemos certo, e é minha consciência limpa que vai me fazer levantar todos os próximos dias seguintes, os quais vão se tornar mais longos, e menos felizes. me desculpe se eu me preocupei demais, se peguei muito no seu pé, se em algum momento fui o que você não queria que eu fosse. não fiz nada por mal. saiba que fazia questão de dizer eu te amo todos os dias, não pelo o 'eu também' mas por saber q estava dizendo a pessoa que eu verdadeiramente mais amei na vida. que você continue simples, humilde e engraçado. e que tenha boas lembranças de mim.

eu quis fazer a diferença na sua vida pinheiro, e esperava que você fizesse o mesmo na minha.

Júlia Paiva

Um comentário:

Lo. disse...

Já deve ter uns dias que eu vi teu blog no meu blog e vim ver. Esse texto, tudo isso, eu já sei como é pq passei por isso uns meses atrás. Mas isso passa, os dias são difíceis sim, são bem difíceis, mas acordar todo dia é gratificante.
Tudo vai melhorando...isso é fato. =D